Arquitetura e livros

20/04/2020 |

*Por Débora Vargas

Ler é uma atividade que executamos com tanta habitualidade que esquecemos de observar tudo que acontece com nosso organismo enquanto lemos. Durante segundos, minutos, horas, nossa mente se expande e cria cenários inteiros. Quanto mais tempo dedicamos para a leitura mais imersos e encantados por ela ficamos.

Independente do assunto abordado, o ato de ler é sensorial porque aguça e ativa todos os nossos sentidos. Conseguimos visualizar as cenas descritas (visão), saborear os alimentos (paladar) e sentir seus aromas (olfato), ouvir os diálogos (audição) e tatear as texturas da narrativa.

Quando a TAG, clube de assinatura de livros, nos chamou para a seleção do escritório de arquitetura que seria responsável pelo projeto da nova sede, fizemos uma imersão no mundo da leitura e ficou evidente para nós que gostaríamos muito de levar todos os sentimentos trazidos por essa experiência para dentro do novo local de trabalho. Vencemos a concorrência e criamos uma sede fundamentada no conceito: Sensorial.

Todas as definições de projeto, materiais empregados e texturas escolhidas deveriam remeter o usuário ao universo dos cinco sentidos. Conectamos os cinco sentidos aos cinco elementos naturais e transformamos tudo em arquitetura.

Arquitetura repleta de cor, aromas, sons, vida…

Localizada em um centro cultural repleto de histórias para contar, nossa interferência procurou ao máximo respeitar e valorizar os elementos existentes na sala. Mantivemos grande parte do grafite existente, valorizamos as paredes de tijolos aparentes e por menor que fosse o ambiente de trabalho, projetamos espaços distintos para trabalhar, relaxar e compartilhar trocas de ideias entre os colaboradores.

Consideramos que a arquitetura é um elemento transformador na sociedade e deve promover o bem-estar de todos os usuários do ambiente construído. Empresas que cuidam da sua arquitetura possuem melhores desempenhos, profissionais mais capacitados e muita retenção de talentos.  Arquitetura conecta pessoas e negócios.

*Arquiteta

 

Osório, 01 de abril de 2020

Voltar ao blog

Veja também

05/08/2020

Como Preparar Sua casa Para os Dias Frios

19/05/2020

Com tobogã e churrasqueira, Zenvia aposta em “Multiverso”

20/04/2020

Arquitetura e livros

AN